Politica Integrada

 

 

Esta política descreve a nossa abordagem estratégica, orientada pela nossa missão, visão e o nosso compromisso com a qualidade, melhoria contínua, aprendizagem e desenvolvimento, a fim de garantir a qualidade dos serviços prestados.

É nossa responsabilidade a adoção quotidiana pelas práticas de qualidade e garantir que elas sejam adotadas e respeitadas em todas as áreas do nosso trabalho e em tudo o que fazemos.

A prestação de um serviço de qualidade é de responsabilidade de tod@s @s colaboradores/as.

Esperamos que cada pessoa que trabalha na nossa organização adote os valores e os objetivos organizacionais e que se comprometa com a melhoria contínua e a minimização de riscos.

 

01.0 | política da liderança

Conduzimos a nossa atuação de acordo com os princípios cooperativos e atuamos no sentido de cumprir da nossa missão, através:

1.0.1.  da sustentabilidade organizacional, baseada no planeamento estratégico e desdobrado no planeamento anual;

1.0.2.  de uma comunicação eficaz que permita o envolvimento de toda a organização, promovendo-a como uma entidade de referência na comunidade;

1.0.3.  da promoção de projetos inovadores (técnicos e tecnológicos) que visem a satisfação das necessidades e expectativas detetadas, assim como desafios, junto de todas as partes interessadas;

1.0.4.  da melhoria contínua dos serviços prestados através do desenvolvimento de novas parcerias;

1.0.5.  do envolvimento da comunidade;

1.0.6.  da melhoria das infraestruturas e dos equipamentos;

1.0.7.  do desenvolvimento e qualificação das nossas pessoas;

1.0.8.  da nossa responsabilidade nos domínios social, ambiental, económico e cultural;

1.0.9.  do nosso compromisso com a justiça social e a inclusão ativa d@s noss@s clientes;

 

01.1 | política da qualidade

Visamos uma atuação de excelência, que se consubstancia, na promoção do empowerment e qualidade de vida d@s clientes e necessariamente, na melhoria contínua do seu desempenho, através da comparação com as melhores práticas de gestão e prestação de serviços e na satisfação das restantes partes interessadas.

Definimos o planeamento estratégico visando:

1.1.1.  a inclusão social de tod@s @s clientes;

1.1.2.  o reforço da(s) estratégia(s) de liderança e a melhoria contínua da eficácia do sistema de gestão, estabelecendo e revendo os objetivos definidos em intervalos de tempo planeados, atendendo às necessidades identificadas;

1.1.3.  apostar continuamente no desenvolvimento, na qualificação e na motivação das pessoas;

1.1.4.  apostar continuamente na inovação das práticas e dos serviços;

1.1.5.  maximizar a relação com as entidades parceiras, seja elas individuais ou corporativas;

1.1.6.  consolidar a satisfação das partes interessadas;

1.1.7.  uma atenção permanente a todas as condições que promovam o bem-estar das partes interessadas, particularmente as internas;

1.1.8.  respeitar a forma como as pessoas vivem, sentem e compreendem o seu dia-a-dia (em suma: qualidade de vida).

 

02 | política da gestão de pessoas

Para além dos valores institucionais, o espírito de equipa, a cooperação, a consciência da dimensão humana e social da nossa missão e o respeito pela diferença, são elementos chave da nossa cultura.

Definimos, implementamos e avaliamos o nosso compromisso quanto ao recrutamento e seleção, integração e avaliação do desempenho, benefícios e recompensas, desenvolvimento e manutenção das nossas pessoas, tentando manter, ao longo dos anos, uma equipa estável, coesa e dinâmica, através:

2.1.  do reconhecimento da igualdade de oportunidades, no acesso ao emprego e no respeito total pela dignidade humana, de forma a impedir qualquer forma de discriminação e promover o mérito individual;

2.2.  da atração e retenção de pessoas, com competências sociais e profissionais alinhadas com a nossa cultura, potenciando as suas capacidades através de programas de desenvolvimento pessoal e profissional;

2.3.  da promoção de uma cultura de envolvimento, bem-estar, desenvolvimento e aprendizagem contínua das nossas pessoas para benefício das pessoas apoiadas;

2.4.  da adoção de sistemas que assegurem a saúde, a segurança e o bem-estar;

2.5.  do reconhecimento do mérito e da excelência, da participação, do envolvimento e da motivação, através de um sistema de recompensa, suportado no desempenho individual, ajustado aos recursos disponíveis, traduzido em: mobilidade interna; prémios monetários e conciliação entre a vida familiar e a profissional (crédito de dias, a definir anualmente, sem perda de remuneração).

 

03 | política de direitos

Assumindo o compromisso na defesa e promoção dos direitos das pessoas apoiadas, adotamos a Declaração Universal dos Direitos do Homem e a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, traduzida na Carta dos Direitos d@s Clientes.

Atuamos no sentido do respeito pela dignidade de todos/as, assegurando a igualdade de oportunidades e a não discriminação, prevenindo e combatendo situações de negligência, abuso de direitos, maus tratos e discriminação, traduzidas nas seguintes condutas:

3.1.  proibição de qualquer prática discriminatória em razão do género, idade, raça, cor, condições socioeconómicas, orientação sexual, opiniões políticas ou convicções religiosas.

3.2.  condições dignas de trabalho;

3.3.  prevenção e controlo de práticas que possam originar situações discriminatórias nas suas diferentes expressões.

3.4.  prevenção e controlo de práticas que possam originar situações de negligência, abuso de direitos, maus tratos e violência doméstica, nas suas diferentes expressões.

 

04 | política de ética

Orientamos a nossa atividade para o cumprimento e difusão da cultura ética da organização, contribuindo para a afirmação de uma imagem institucional de competência, rigor e eficiência, tendo presente os princípios definidos no Código de Ética e no Código de Conduta de Proteção de Dados Pessoais.

Todas as pessoas que desempenham funções nesta Cooperativa, as quais, independentemente do regime de contratação, posição hierárquica ou serviço em que se enquadrem, devem:

4.1.  pautar a sua atuação por comportamentos eticamente sustentados, não devendo negligenciar o impacto que as suas decisões, formas de atuação e comportamentos, por ação ou omissão, possam ter sobre as partes interessadas;

4.2.  prevenir e mitigar o erro, o conflito de interesses e o risco de fraude, promovendo uma abordagem proativa, estruturada e orientada;

4.3.  ter uma atuação exemplar no que respeita à aplicação e promoção dos princípios e valores estabelecidos e que, para além de vinculados aos princípios do Código, devem assumir um papel crucial na promoção e divulgação da cultura ética na cooperativa;

4.4.  guardar rigoroso sigilo sobre quaisquer informações ou conhecimentos de natureza pessoal, técnica, institucional ou outra, adquiridos, direta ou indiretamente durante a relação laboral ou por causa desta, relativos às partes interessadas;

4.5.  cumprir com os procedimentos e normas de conduta profissional a respeitar, nomeadamente a reserva da vida privada e dos direitos, liberdades e garantias fundamentais, incluindo no exercício das atividades de recolha, tratamento, conservação e eliminação dos dados pessoais.

 

05 | política das parcerias

Atuamos e procuramos constantemente desenvolver parcerias com outras entidades, públicas ou privadas, para explorar sinergias de modo a melhorar a sustentabilidade organizacional e aumentar a capacidade de prestação de serviços de forma a garantir, quer o continuum quer a qualidade dos serviços, comprometendo-nos a:

5.1.  desenvolver as atividades de parceria de acordo com as regras definidas nos protocolos e proceder à avaliação destas ações, de modo a que estas relações contribuam para a excelência organizacional;

5.2.  manter a motivação e a satisfação das entidades parceiras, pautando a nossa atuação por princípios éticos, de transparência e integridade, com vista a assegurar a sua continuidade e abrangência.

 

06 | política da participação

Promovemos ativamente a participação e o envolvimento d@s clientes, mas também d@s colaboradores/as e de outras partes interessadas, potenciando desta forma o empowerment (oportunidades para efetuar escolhas e tomar decisões relativas ao seu projeto de vida):

6.1.  criamos dinâmicas de participação individual, no planeamento e na avaliação da prestação de serviços;

6.2.  criamos dinâmicas de representação, potenciando a participação no planeamento da atividade;

6.3.  apoiamos o desenvolvimento d@s colaboradores/as para concretização da participação efetiva d@s clientes e pessoas significativas.

 

07 | política da orientação para @ cliente

No desenvolvimento dos nossos serviços/ atividades procuramos identificar e respeitar todos os aspetos importantes de qualidade vida d@s clientes, numa perspetiva ecossistémica:

7.1.  intervimos de forma contínua procurando responder a todas as necessidades e expetativas, no âmbito da especificidade do(s) serviço(s), e envolvemos todas as partes interessadas;

7.2.  assumimos um modelo de qualidade de vida, devidamente documentado e disseminado, cuja implementação garante o respeito pela individualidade e potencia os meios necessários para a plena participação d@s clientes;

7.3.  a prestação de serviços compreende a envolvente social e cultural de cada cliente.

Esta política assenta no conceito de qualidade de vida da Cercimarante (forma como as pessoas vivem, sentem e compreendem o seu dia-a-dia).

 

08 | política da abrangência

Garantimos o acesso a um continuum de serviços, mantendo a máxima atenção à evolução das necessidades de cada cliente:

8.1.  as necessidades e expectativas são objeto de uma abordagem holística tanto na perspetiva d@s clientes como na perspetiva das pessoas significativas e cuidadores;

8.2.  os processos da prestação de serviços estão devidamente documentados e são objeto do necessário controlo da qualidade;

8.3.  a prestação de serviços é orientada para a comunidade, no sentido de satisfazer as necessidades desta, e na comunidade, no sentido de promover a inclusão.

8.4.  a estrutura de governação assegura uma coordenação consistente dos serviços prestados, por equipas multidisciplinares e que incluem parceiros, quando necessário.

 

09 | política da orientação para os resultados

Definimos, implementamos e monitorizamos objetivos associados a metas, desenhados de forma a acrescentar valor aos/às noss@s clientes e outras partes interessadas.

Numa ótica de melhoria continua e com base numa utilização racional e eficiente dos recursos, acompanhamos e medimos o desempenho da Cooperativa mediante mecanismos sistemáticos de avaliação interna e externa:

9.1.  os mecanismos incluem avaliação individual e coletiva dos resultados com os clientes;

9.2.  os resultados incluem os obtidos com a avaliação da satisfação das partes interessadas;

9.3.  asseguramos a publicação e disseminação, acessível e de fácil entendimento, de todos estes resultados de forma proativa.

 

10 | política da melhoria continua

Procuramos a melhoria contínua e otimização dos serviços, visando a satisfação d@s noss@s clientes e outras partes interessadas, promovendo mecanismos de comunicação e divulgação mais eficazes, em estratégias inovadoras, desenvolvimento d@ colaboradores/as e envolvimento ativo.

Somos proativos na presença em entidades capazes de gerar informação sobre as necessidades emergentes da comunidade, para a resolução das quais, desenvolvemos conhecimento para capacitação d@s noss@s colaboradores/as;

Procuramos a melhoria contínua do nosso desempenho, como resultado da comparação com outras entidades, de resultados, práticas de gestão e de prestação de serviços.

 

 

informação atualizada em 2020.12.29