Unidade Sócio-Ocupacional

Unidade Sócio-Ocupacional

É uma estrutura que aguarda pelo Acordo de Cooperação, mas que pretende apoiar 30 pessoas, com idades compreendidas entre os 18 e os 45 anos, com doenças do foro mental ou psiquiátrico, voltada para a Recuperação Pessoal (Recovery), com o objetivo de promover a qualidade de vida e bem-estar individual e social dos beneficiários nela integrados, contribuindo para a construção de projetos de vida compatíveis com as possibilidades/dificuldades inerentes a cada um.

É uma estrutura que foi concluída em 2011 e tem os seguintes objetivos específicos:
• Dar resposta às necessidades globais dos destinatários (níveis físico, psicológico, familiar, educacional, profissional, económico e cultural) de modo a contribuir para a construção de um sentido de valor pessoal e de vida, e eliminar a auto-estigmatização;
• Fomentar o auto-conhecimento, a autonomia, a capacidade de resolução de problemas e a aprendizagem de novos modos de lidar com as dificuldades (pessoais, interpessoais e ambientais) e de gestão de uma vida independente;
• Potenciar e possibilitar a integração social, contribuindo para ganhar novos padrões interpessoais e procurar o combate à exclusão em que vive a maioria;
• Reforçar as capacidades e competências das famílias para lidar com as situações e diminuir a sobrecarga a que são expostas;
• Sensibilizar e informar a população com vista a reduzir o estigma a que é sujeita a Doença Mental e produzir as mudanças ambientais necessárias;
• Contribuir para a redução do número de portadores de Doença Mental institucionalizados e da necessidade de reinternamentos sistemáticos;
• Promover a Saúde Mental.