Voltar

Presidente da Cercimarante em entrevista à Rádio Região de Basto

O presidente do Conselho de Administração da Cercimarante, Carlos Pereira, foi um dos convidados do programa “Espaço Aberto”, da Rádio Região de Basto (RRB) que, no passado sábado, 12 de novembro, foi emitido em direto, do estúdio móvel, entre as 10h00 e as 12h00, a partir da Praça da República (Largo de São Gonçalo), em Amarante.
Em entrevista ao diretor da RRB, Fernando Machado, e à jornalista Bárbara Rôla, o presidente deu enfoque à Campanha “Mais Natal”, promovida pelo Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP) da Cooperativa, que se realizou nesse mesmo sábado, nos hipermercados Intermarché e Pingo Doce.
Explicou que esta recolha de bens alimentares e brinquedos destina-se às famílias carenciadas de Amarante que são seguidas por este Centro. Aproveitou, por isso, o momento, para fazer um agradecimento à população que sempre tem apoiado esta causa, mas também aos colaboradores da Cercimarante que, de forma voluntária, estiveram por turnos, nos pontos de recolha.
Abordando a questão da Formação Profissional, uma vez que é também, há 19 anos, o diretor técnico do Centro de Formação e Reabilitação Profissional (CFRP), Carlos Pereira deixou um agradecimento à Câmara Municipal de Amarante, pelo apoio e disponibilidade demonstrados, de uma forma geral, à Cooperativa à qual preside, mas também aos muitos empresários que, ao longo dos anos de existência do CFRP, sempre se predispuseram a receber os formandos, tornando, aos poucos, o mercado de trabalho mais justo e inclusivo.
Relativamente à nova resposta social da Cercimarante, o presidente explicou em que moldes funciona a Intervenção Precoce na Infância (IPI), e que, com a abertura da mesma, a Cooperativa fecha quase um ciclo, uma vez que as várias respostas que já têm apoiam um público vasto, mas diferente, que vai desde a deficiência e/ou incapacidade, passado pelas famílias carenciadas, e chegando aos idosos. 
Carlos Pereira foi, ainda, questionado sobre o que mudou na sua vida, desde que foi eleito presidente da Cercimarante, ao que respondeu não ter sentido grandes alterações. Mencionou, apenas, o acréscimo natural de mais responsabilidades, e o facto de ter ainda menos tempo livre, fruto do volume de trabalho. Mas que exerce as suas funções “de alma e coração”.
Para além da Cercimarante, o programa recebeu mais algumas entidades convidadas, de que são exemplo o Clube Automóvel de Amarante, Athos, e o Padre José Manuel Ferreira, para fazer o habitual comentário mensal.